Como montar um servidor LTSP no Ubuntu

23 de fev de 2014 - Paulo Dias


O que é LTSP?

Nessa semana eu tive que instalar um servidor LTSP em uma escola aqui da minha cidade. Utilizei o sistema Ubuntu e o processo de instalação e configuração foi extremamente simples. Segue algumas imagens de como ficou o laboratório:

Observação: Algumas máquinas nas imagens não estão utilizando o servidor LTSP

Nesse artigo vou apenas mostrar os passos que usei para ter o servidor e todos as máquinas clientes funcionando. No meu caso a maioria dos clientes são equipamentos especializados chamados thin client, mas também é possível utilizar computadores comuns, desde que, eles tenham suporte ao boot pela rede (sendo necessário apenas um mínimo de memória ram e não sendo necessário ter um HD na máquina ). Para o servidor é necessário ter duas placas de rede, um bom processador e quanto mais memória ram melhor. Para calcular a quantidade mínima de memória do servidor utilizei a seguinte fórmula: 2GB + (numeroClientes * 512MB).

Os passos necessários são:

1 - Instalar o Ubuntu com a seguinte tabela de partições: *valores aproximados

100MB/dev/sda1/boot
16GB/dev/sda2swap
250GB/dev/sda3/
250GB/dev/sda4/home

Observação: Você pode alterar as partições conforme a sua necessidade.

2 - Configurar a rede através do arquivo /etc/network/interfaces:

 
auto eth0
iface eth0 inet dhcp

auto eth1
iface eth1 inet static
address 192.168.0.1
netmask 255.255.255.0
 

Observação: A interface de rede eth0 fica conectada na internet e a eth1 nos clientes.

3 - Instalar os serviços:

 
sudo apt-get install ltsp-server-standalone openssh-server
 

4 - Configurar os arquivos /etc/ltsp/dhcpd.conf e /etc/default/isc-dhcp-server

O arquivo /etc/ltsp/dhcpd.conf já estava preenchido, foi necessário apenas adaptar as configurações de rede. Esse arquivo têm essa aparência:


authoritative;

subnet 192.168.0.0 netmask 255.255.255.0 {
    range 192.168.0.20 192.168.0.250;
    option domain-name "example.com";
    option domain-name-servers 192.168.0.1;
    option broadcast-address 192.168.0.255;
    option routers 192.168.0.1;
#    next-server 192.168.0.1;
#    get-lease-hostnames true;
    option subnet-mask 255.255.255.0;
    option root-path "/opt/ltsp/i386";
    if substring( option vendor-class-identifier, 0, 9 ) = "PXEClient" {
        filename "/ltsp/i386/pxelinux.0";
    } else {
        filename "/ltsp/i386/nbi.img";
    }
}

No arquivo /etc/default/isc-dhcp-server foi necessário apenas configurar a interface de rede que se conecta nos clientes:

 
INTERFACES=”eth1″
 

5 - Criar os usuários para os clientes.

 
sudo adduser
 

6 - Criar e atualizar a imagem do sistema para os clientes:

 
sudo ltsp-build-client --arch i386 #esse cria a imagem dos clientes, vai demorar :)

sudo ltsp-update-sshkeys 

sudo ltsp-update-image
 

Observação: No primeiro comando também é possível usar o parâmetro --dist para especificar um versão diferente do ubuntu. Exemplo: lucid ou precise.

7 - Reniciar o servidor

 
sudo reboot
 

8 - Configurar os clientes para dar boot pela rede

Observação: Isso pode ser feito de várias maneiras diferentes dependendo da bios dos clientes. Procure onde é configurada a ordem de boot e altere para LAN, network ou PXE.

Pronto, se você seguiu os passos de forma correta, o seu servidor LTSP já está funcionando.

Segue alguns links para ajudar e complementar esse artigo:

http://www.hardware.com.br/termos/pxe
https://www.youtube.com/watch?v=LJt9VIqWfDY
https://fedorahosted.org/k12linux/wiki/InstallGuide

Paulo Dias

Graduado no curso tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas. Defensor do Software Livre e da democratização da informação. Possui as certificações Linux LPIC-1 e Java OCA. Atualmente exerce a função de coordenador técnico na área de telecomunicações.

Siga-me no Twitter


Tags: Linux